Olá, femininas! como estão? A postagem de hoje está super bacana, afinal é muito importante participarmos de debates e questões que envolvem a temática feminina, não é mesmo? Então, confere esse post feito com todo carinho para vocês! ❤️

Cada vez mais mulheres conquistam seu espaço dentro da sociedade, e a luta feminista saiu do bate-papo entre amigas e ganhou as ruas.  Durante essa disseminação de conteúdo você já deve ter se deparado com algumas expressões desconhecidas ou de difícil compreensão. 🙄 Já deu até “um google’, mas não encontrou o tal significado. Pensando nisso, e com base em diferentes pesquisas fiz um miniglossário sobre os termos mais ‘diferentões’ e IMPORTANTES usados pelas mulheres em busca de seus direitos nos últimos anos. Confira:

482b4fcae5a1e0445b3a054e31314297

Bropriating: Quer dizer que  homem ficou com os créditos de uma ideia de uma mulher, ou seja, mulher fica em uma situação onde não é ouvida. 

Empoderamento: Vem do verbo empoderar e significa conceder poder para si ou para outra pessoa. É definido como poder de participação das mulheres nas questões sociais, inclusive, na busca por direito de igualdade de gênero.

Feminicídio: Homicídio de mulheres com motivação de gênero.

Feminismo: Movimento social, político e filosófico com o objetivo de conquistar os mesmos direitos que os homens na sociedade. Se consolidou no começo do século XX. e atualmente, é liderado por mulheres que lutam contra a opressão de gênero. 

9b977ed85ed89023c658017f66622c18

Gaslighting: Quando uma pessoa convence que a outra está louca, por meio de violência emocional e manipulação psicológica. Comportamento que pode atingir mulheres e homens, mas que é constantemente observado em relacionamentos abusivos e a maioria das vítimas são mulheres. 

Mansplaining: Palavra, que vem do inglês, e significa “explicação masculina”. Homens que tentam explicar algo que uma mulher conhece mais que ele.

Manterrupting:  Também vem do inglês e quer dizer “constante interrupção masculina”. Em tradução livre man (homem) e interrupting (e interrupção). Geralmente o homem interrompe uma mulher para contar algo que ela possivelmente já saiba, fazendo então o mansplaining, o item citado acima. 

Machismo: Define a ideia de superioridade sobre o sexo feminino. Comportamento e atitude que não tolera a igualdade de gênero e gera opressão.

Migas: Expressão de carinho e cuidado entre as mulheres.

Misoginia: Discriminação, violência, ódio, desprezo ou repulsa contra as mulheres e às características a elas associadas. É um dos principais fatores para a opressão de mulheres em sociedades dominadas pelo homem.

Patriarcado: Sistema que privilegia a classe masculina e que se perpetuou historicamente. Definido como uma organização social que sistematicamente beneficia o homem em detrimento da mulher.

Relacionamento abusivo: Tipo de relação com abuso físico e/ou psicológico. As relações podem ser familiares, amorosas ou dentro do circulo de amizade. Geralmente, criticas e manipulação são feitas com frequência. 

Sororidade: Amizade e lealdade feminina. Significa também união e irmandade entre as mulheres. Palavra de militância  para combater o machismo e a crença de que mulheres devem competir entre si.

d0a20d1d56c7a4e12eddcf97437cb9cd

São tantos termos diferentes, né femininas? Confesso que as palavras em inglês foram as que menos conhecia. Esse post serve para nos familiarizarmos com as expressões usadas pela militância feminina na luta cotidiana contra o machismo. O glossário é bastante vasto, aqui selecionei os termos básicos mais usados nos debates das redes sociais. Quanto as palavras em inglês, acho legal propor versões em português, facilitaria e muito o entendimento. 

E aí, vocês curtiram o post? Conhecem outras expressões? Sua opinião é muito importante! Ficaria muito feliz com um comentário! Beijo grande 😘

Me encontre no Instagram /  Facebook  /

 

O que você tem a dizer?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *