Lifestyle

LUTA E RESISTÊNCIA: Marcha do movimento negro ganha espaço no cenário baiano

12226665_907619469320750_735444339_n

Salvador recebeu neste sábado (7), pela primeira vez a “Marcha do Empoderamento Crespo”, a caminhada aconteceu no bairro do Campo Grande e seguiu até praça Castro Alves. O movimento teve como objetivo colocar as questões sobre racismo e a afirmação da estética negra como política de empoderamento em evidência.

Naira Gomes, antropóloga e uma das organizadoras do evento falou sobre os padrões de beleza imposto pela sociedade, que coloca o negro no lugar de feiura, de pobreza de ignorância. “Queremos redefinir esses conceitos, para colocar também o perfil negro na pauta. Pretendemos afirmar o corpo negro como lugar de beleza, de competência, de inteligência e tudo que foi negado historicamente aos nossos antepassados”, afirmou Naira.

São Paulo foi a precursora do movimento após a Marcha do Orgulho Crespo, realizada no mês de julho. Porém, na capital baiana a luta ganhou outro contexto dentro da realidade de estigma e racismo, neste cenário o cunho político e estético foi destacado. A escolha do mês também é representativa e simboliza um mês de luta, pois no dia 20 de novembro é comemorado o dia da Consciência Negra.

cats

A mobilização massiva ocorreu na internet, no Facebook foi criado uma página, grupo e evento onde as pessoas confirmaram presença. Michelle Ribeiro, uma das participantes da marcha falou sobre a motivação para ir às ruas. “A união das pessoas negras e que querem assumir o cabelo crespo é uma forma de mostrar a sociedade que cada um tem uma forma e tem que assumir sem se importar com o que os outros vão falar”, afirmou ela.

img-20151107-wa0018

Foto: Alan Tiago

Ingrid Lima, estudante e adepta do movimento, falou sobre a experiência de assumir sua identidade: “Eu não me identificava nem mesmo como negra, que dirá que tinha cabelo crespo. Eu acho muito digno de ser realizado esse ato porque é importante debater as situações. Mostrar para as outras pessoas que você pode ser bonito do jeito que você realmente é, assim, as pessoas vão conseguir se identificar”.

Saiba quais são os melhores alimentos para consumir no verão

On a diet

Falta pouco para o verão e a preocupação com o corpo fica mais evidente neste período. As academias ficam lotadas, e são muitos os treinos funcionais ao ar livre na busca da boa forma. A nutricionista Janaína Costa, revela algumas dicas para garantir uma alimentação saudável e que auxilie na perda de peso.

Com o aumento da temperatura existe a necessidade de repor água, vitaminas e sais minerais no organismo. Para isso, o mais indicado é o consumo de saladas que devem conter folhas verdes, como a alface crespa, lisa, americana, agrião e rúcula que têm poucas calorias e muita fibra. Frutas como abacaxi, manga ou morango podem incrementar o prato, o ideal é evitar os molhos muito gordurosos. Os legumes como beterraba, cenoura, vagem, e pepino estão liberados. Entre os temperos os mais recomendados são alho poró, salsa, hortelã e coentro.

Para economizar durante as compras prefira as frutas e legumes da estação. Entre os mais indicados estão o abacate, abacaxi, coco, carambola, jaca, laranja, limão, mamão, maracujá, melancia, melão e uva. 

Durante o verão alguns produtos devem ser evitados. “Com altas temperaturas os alimentos tendem a se deteriorar mais facilmente ocorrendo maior proliferação de bactérias”, alerta a nutricionista. Nessa lista estão os mariscos, ovos conservados sem refrigeração, o mesmo ocorre com a maionese, molhos, além dos embutidos como presuntos e mortadelas.

Para os amantes de praias e piscinas os lanches devem ser leves e as frutas devem ser a primeira opção no cardápio. Janaina indica a ingestão de picolés e sorvetes da fruta, evitar as opções muito cremosas, pois eles contêm gordura trans, sanduíches naturais também são uma boa pedida. Além da água de coco lembre-se de beber de 2 a 3 litros de água por dia.

Quer saber como prepara uma alimentação saudável? Então, se liga na receita da nutricionista.

sugestao-cardapio-salada-10360

SALADA TROPICAL

Ingredientes: Mix de folhas (alface comum e roxa, rúcula, salsa ou hortelã)
 tomate fatiado ou tomate cereja
 manga cortada em cubinhos
 ricota cortados em cubinhos
 abacaxi em cubos
 azeitonas pretas fatiadas
Gergelim
Cenoura ralada

Molho:
1 colher de sopa de azeite extra virgem
1 colher de sopa de vinagre de maçã ou gotas de limão