gorda

Inspirações plus size para dias quentes

Hello, girls! O post de hoje vai dar uma mãozinha para as mulheres plus size que têm dúvidas sobre o look certo para enfrentar esse ‘calorzão’ nosso de cada dia. Esse post foi inspirado nas dificuldades reais na hora de montar um sivu descolada e que valorize seu corpo (em especial para minha prima que pediu um post assim). Vem que estamos com muitas inspirações para você…

vestido-plus-size-cropped-saia-2
Foto: Site Juromano

Quem disse que você não pode ousar e optar por uma saia e cropped? Sim, essa combinação super tendência pode e DEVE fazer parte do seu guarda-roupa. Se preferir escolha cores mais clara e coloridas, afinal estamos falando de verão, né amor?! A dica aqui é deixar apenas  3 ou 4 dedos  à mostra.  Esbanje charme e beleza sem medo!

tp_2014_04_10_top_cropped-2

Outra dica M-A R-A é usar cropped com shorts cintura alta e investir em colares e sobreposições. Caso queira dar um up no visul prefira kimonos mais fresquinho e de tecido leve. O foco aqui é pernas de fora, bebê!

b0c426f45c0ad5def8a6bfbe2cb2d32d

Camisa e short é a combinação perfeita para dias mais quentes. Os shorts de alfaiataria dão um charme a mais no look, já os shortinhos jeans são os mais estilosos. Os modelos destroyed ficam poderosos com uma camiseta branca, o look fica simples fácil e super moderno.

fe97071b7d8b536b14168024964784ad

Se a dúvida é na escolha da roupa de banho, se prepare porque as inspirações são um arraso! Opções coloridas e confortáveis são as mais indicadas, são um charme, né?! Peças mais largas, cintura alta, coloridas e florais fazem muito sucesso.

biquinis-plus-size-6

Se quiser usar maiô se joga, gata! Só não pode deixar de pegar um bronze. A regra aqui é não seguir regra e usar o que bem entender!

saia-midi-trabalhar

As línguas que ditam moda, dizem que a queridinha saia midi  não combina com mulheres de quadril largo, já que o evidencia. Mas cá entre nós, quem é que liga para regras bobas?! Super democrática a saia midi é sofisticada, além de ser muito fashion. O ideal é que ela fique mais próximo do joelho para não achatar seu corpo.

14996509_1159156300833731_1973983607_n

E para finalizar, sabe aquelas  peças que surpreendem? Pois bem, você precisa incluir no seu guarda-roupa peças únicas como vestido e macacão fresquinho para aproveitar os dias ensolarados. Não pense que por ser plus size não dá se jogar nas tendências e curtir a primavera/verão. Nada disso, dá sim! A regra é simples – Use o que te faz bem!

Se você curtiu esse post, comenta, curte, segue a gente nas redes sociais e compartilha com as amigas hahaha.

Fotos: Pinterest

Me encontre no Instagram /  Facebook  /

“Vai Ter Gorda” promove ato contra preconceito

udoryphxt47ua
Tire seus padrões do caminho! As mulheres do movimento “Vai ter gorda”, vão realizar na tarde da próxima quarta-feira (13), às 14h um protesto contra a gordofobia na Baixa dos Sapateiros, bairro localizado no centro histórico de Salvador, conhecido popularmente pelo comércio de roupas.

De acordo com Adriana Santos, líder do movimento na capital baiana o ato reforça a luta contra o preconceito e a discriminação vivenciada por pessoas gordas.

018d8a157f25d27fc8a096396a90cb37

Declarou Adriana em resposta a um vídeo de desabafo compartilhado no Facebook , por Catia Sileide, que relata ter passado por constrangimento enquanto comprava em uma loja da região. 

Para quem não lembra, o movimento  “Vai ter gorda” deu o que falar  no mês de fevereiro, quando as meninas pisaram nas areias da praia de Ondina a bordo de seus biquínis coloridos com o objetivo de quebrar paradigmas

12735796_953620454720651_320622628_n.jpg

Me encontre no Facebook e Instagram

Domingo é dia de: Ter gorda na praia, sim!

12735796_953620454720651_320622628_n.jpg

Sol forte e temperatura marcando 31 graus na manhã deste domingo (14), na praia de Ondina, em Salvador. Na areia, mulheres empoderadas exibiam suas curvas a bordo de biquínis coloridos e fashions, deixando os banhistas de queixo caído com tamanha ousadia.

Em sua segunda edição, o movimento “Vai ter gorda na praia”, reuniu cerca de 15 mulheres, que não se moldaram aos padrões de beleza estabelecidos pela sociedade, ou pela utopia do “corpo ideal”.

20160214_101535.jpg

Livres, gordas e felizes, as participantes do movimento levaram para as ruas cartazes e placas com mensagens contra a gordofobia. Adriana Santos, modelo plus size e uma das organizadoras do evento, revelou que a ação pretende elevar a autoestima da mulher gorda, expor para a sociedade que elas não aceitam mais o preconceito velado, além de  reforçar a luta e valorização da mulher.

O movimento que teve origem em Santos, cidade de São Paulo, teve sua primeira edição na capital baiana no dia 10 janeiro, tendo como objetivo uma proposta social e melhoria na qualidade de vida.

20160214_110905.jpg

“Não é só um banho de mar, nós vamos além para incentivar outras pessoas na questão da saúde, do cuidado com a pele, com o corpo, de uma mulher que sofre, que é discriminada em todos os ambientes”, ressaltou Adriana.

Sem timidez as participantes se despiam das roupas ao mesmo tempo que revelavam as experiências preconceituosas já vividas, em muitos casos o bulling começou ainda na infância. “Um vizinho me chamava de meio quilo, pois era baixinha e gorda, isso me martirizou”, contou a pedagoga Susana Fontoura que luta para incentivar outras mulheres a se amarem como são e não aceitarem a opressão.

12746599_953621581387205_1327230920_n.jpg

20160214_101911.jpg

12746137_953620481387315_12637954_n

20160214_112531

20160214_104558

20160214_101651

 

Para os normativos e autoritários fica o alerta – aceita que doí menos! Vai ter gorda na praia, no shopping, na balada, no mercado de trabalho e onde elas quiserem ir.

LEIA TAMBÉM: