Dicas de consumo consciente de energia

Antes de revelar as dicas de consumo consciente de energia elétrica vamos falar um pouco sobre a importância e quais os benefícios dessa prática.

Aqui neste artigo, vamos abordar as principais vantagens e os passos a serem seguidos para conseguir economizar energia de forma consciente e segura.

Este tipo de economia é muito importante para o bem estar econômico, social e ambiental. Mas por outro lado o consumo indisciplinado de energia elétrica causa danos irreparáveis à natureza e à saúde. Além disso, eleva os custos para os consumidores. Portanto, é de suma importância conhecer medidas eficazes e práticas para o consumo de energia.

Qual a importância do consumo consciente de energia?

O uso consciente de energia elétrica deve ser tornar um hábito praticado diariamente, porque contribui positivamente para a evolução sustentável do nosso planeta e também auxilia na redução dos impactos negativos ao meio ambiente.

No entanto, a maioria das pessoas percebem que estão realmente desperdiçando e consumindo energia excessivamente quando suas contas de eletricidade aumentam. Isso é provavelmente um sinal.

Quais são as principais vantagens do consumo consciente de energia?

Economizar energia não é simplesmente uma atitude para reduzir custos financeiros. A redução no consumo de equipamentos energéticos traz inúmeras vantagens, que beneficiam como um todo tanto a comunidade quanto as empresas. A economia beneficia a comunidade, pois mais energia estará disponível e o país evitará o desperdício. Dessa forma, haverá possibilidade de obter mais recursos para fazer investimentos em trabalhos sociais. Os benefícios não afetam apenas a comunidade, mas também o meio ambiente, de modo que inundações, desmatamento, lixo atômico, radiação nuclear e poluição do ar, também são reduzidos.

Como consumir energia com inteligência e sem desperdícios?

Quanto mais energia você desperdiça, maiores serão os  custos para você e para o meio ambiente também. Com o uso correto da eletricidade, você pode economizar na sua conta de luz e também contribuir com a nação para preservar as reservas ecológicas, protegendo assim a vida na Terra.

Há diversas formas de consumo consciente energia

dicas de consumo consciente de energia
dicas de consumo consciente de energia

Costumes inteligentes. Utensílios elétricos do jeito certo, legal e segura de acordo com as suas instruções.

Equipamentos eficazes. Na compra de equipamentos, faça a escolha de equipamentos com selo de eficiência A do INMETRO/PROCEL.

Planejamentos inteligentes. Ao planejar ou reformar a  sua casa, use algumas soluções inovadoras que podem ajudar a reduzir os custos de energia elétrica. Planeje o ambiente para aproveitar quanto puder a luz natural, escolha tintas de cores claras e com maior isolamento. Use arejamento apropriado, circuito elétrico de tamanho calculado e método de aquecimento de água que melhor atenda às suas necessidades.

Dicas de consumo consciente de energia

Chuveiros elétricos

O ideal é ficar o mínimo que puder no banho. Desta forma, o banho rápido de no máximo 15 minutos por dia  é mais do que necessário.

Utilizar o chuveiro elétrico na posição morno ou verão, e caso haja possibilidade, programar o banho para as horas mais quentes do dia.

Aquecedores e ar-condicionado

No inverno, chegam  a corresponder a 1/3 do gasto doméstico com eletricidade, segundo a utilização.

Evitar deixar o aquecedor ligado por longos períodos e utilizá-lo somente quando estiver no ambiente, e desligar imediatamente após sair.

Do mesmo modo, com relação aos aparelhos de ar-condicionado, evitar usá-los por períodos muito longos e optar  por modelos inverter, que são mais econômicos.

Iluminação

 Procurar aproveitar  a luz natural e abrir janelas e cortinas durante o dia.

Ao pintar paredes e tetos, prefira as cores claras, que refletem mais luminosidade.

Trocar as lâmpadas incandescentes por fluorescentes ou LED, porque consomem menos energia e aquecem menos o ambiente.

TVs e Computadores

Não deixar TV ligada sem que tenha  alguém assistindo.

Programar o timer (desligamento automático) antes de dormir, evitando assim que a TV fique ligada de forma desnecessária.

Desligar o computador todas as vezes que ficar por mais de 2 horas sem utilização.

Desligar o monitor após 15 minutos sem uso.

Stand-by

Desligar ou tirar da tomada quando não estiver usando um eletrodoméstico.

Não deixar os aparelhos em stand-by, porque continuam gastando energia.

Máquinas de lavar e secar

Utilizar toda a capacidade das máquinas de lavar e secar.

Ficar alerta à quantidade de sabão, para evitar repetir o processo de enxágue.

Para as máquinas que têm a função de água aquecida, o recomendado é não fazer uso deste recurso

Quanto às secadoras, utilizar somente quando for realmente necessário e completar toda  a capacidade máxima.

Geladeiras

Não abrir a porta da geladeira sem necessidade para não forçar o motor.

Verificar se não é tempo de trocar a borracha de vedação da porta para que cumpra sua função.

Nunca utilizar a parte traseira do equipamento para secar roupas ou qualquer outra coisa.

No inverno, reduzir a potência de resfriamento da geladeira, observando que a temperatura mínima já estará mais fria.

Eficiência energética dos equipamentos

Escolher eletrodomésticos de baixo consumo de energia preferencialmente com selo A do Procel.

Procurar pelos aparelhos com selo do Procel (em caso dos nacionais), de preferência com alta eficácia energética, ou Energy Star (no caso dos importados).

Importante

Sempre desligar os aparelhos ao sair de um ambiente para outro. Nas pausas para as refeições ou intervalo, fazer o mesmo.

Em suma, verificar periodicamente as condições da rede elétrica interna com objetivo de identificar pontos de saída de energia, porque aumenta o valor da conta de energia, ou fios e cabos desencapados que podem trazer grandes riscos à segurança das pessoas.

Você vai gostar de também: ESG o que é?

Este blog utiliza cookies para garantir uma melhor experiência. Se você continuar assumiremos que você está satisfeito com ele.